Skip to contentSkip to navigation menu
 
 
 

São Paulo – 10 dezembro 2013

hybris lança solução B2C Commerce Accelerator na China

fabricante de plataforma para comércio eletrônico pertencente à SAP, anuncia o lançamento da solução hybris B2C Commerce Accelerator na China, de modo a atender as crescentes demandas por múltiplos canais de contato entre consumidor e loja (tais como loja física, loja virtual, lojas de dispositivos móveis, catálogos impressos ou atendimento via call center). Baseada na plataforma hybris Commerce Accelerator, a nova solução da hybris foi desenvolvida com funcionalidades que atendem as demandas mais peculiares do comércio eletrônico chinês.

 

Voltada a todo tipo de empresa que necessite lançar rapidamente seu comércio eletrônico, a solução hybris B2C Commerce Accelerator disponível na China oferece “vitrines virtuais” com funcionalidades muito práticas e que vão de encontro à realidade do varejo OmniChannel (integração dos pontos de venda físico, online e móvel que oferece ao cliente uma experiência de compra persuasiva e diferenciada). Além disso, possui páginas de venda pré-configuradas de acordo com a cultura local e os hábitos de compra dos consumidores chineses, apresentando fotos ampliadas dos produtos, barras ampliadas de publicidade e uma avançada experiência visual.

 

Outras funcionalidades de destaque são a “rolagem dinâmica” nas páginas, mesmo que elas sejam extensas, e a integração com o Baidu (maior buscador online da China). Tudo isso permite que os internautas encontrem os produtos desejados a partir de um processo visual e em poucos “cliques”.

 

“A China possui a maior quantidade de internautas do mundo, totalizando mais de 591 milhões. Com mais pessoas comprando pela internet, contribuiremos para reduzir consideravelmente a atual insatisfação dos usuários, que têm encontrado dificuldades de encontrar os produtos e, consequentemente, de realizar suas compras”, afirma Burghardt Groeber, Vice Presidente da hybris na Ásia, destacando que “a empresa está lançando a versão chinesa de uma solução que já é bastante utilizada em outros países”.

 

Outra característica do mercado chinês está no fato dos consumidores não confiarem em propagandas e novas fontes de comunicação com as marcas, acreditando mais no “boca-a-boca” entre os próprios consumidores, recomendações de avaliações online e comentários feitos nas redes sociais. De acordo com pesquisa da McKinsey, as redes sociais possuem maior influência sobre a decisão de compras na China do que em qualquer outro local do mundo. Por esse motivo, a solução hybris B2C Commerce Accelerator disponível na China é totalmente integrada com as maiores redes sociais do País, tais como Weibo e QQ, permitindo que os comentários e recomendações postados pelos consumidores nas redes sociais sejam automaticamente compartilhados no site de comércio eletrônico.

 

Para os varejistas, projetos com a tecnologia OmniChannel podem ser iniciados por meio de integração com a plataforma de pagamentos eletrônicos Alipay, uma vez que os compradores precisarão apenas fazer um cadastro para pagar e finalizar a compra.

 

Futuros desenvolvimentos para a solução incluem uma integração que permitirá compartilhamento com o Tmall, o qual hospeda mais de 5 mil lojas virtuais. Dessa forma, os varejistas poderão interagir diariamente com milhões de visitantes, além de atualizar seus sites no momento em que for necessário e sincronizar informações sobre pedidos e estoques. A hybris ainda irá lançar uma loja para dispositivos móveis.

 

De acordo com Burghardt Groeber, os consumidores desejam realizar suas compras em todos os pontos de contatos, sem que haja barreiras. “Os varejistas estarão presentes em todos os locais que os internautas os procurarem, além de fidelizar as suas marcas em qualquer lugar e a qualquer momento”.

 
 

Outros benefícios da solução:

    Experiência avançada de uso:

  • Aumenta as taxas de conversão e o valor médio das compras por meio de promoções integradas e personalizadas; processo flexível de check-out (finalização da compra), o qual pode ser realizado com uma única fase ou com mais fases, de acordo com a preferência do varejista.
  • Omni-Channel:

  • Gerenciamento integrado de pedidos, o qual proporciona visibilidade única de estoque, venda e desempenho do site, independentemente do ponto de venda.
  • Implementação rápida:

  • Permite o rápido lançamento do site de comércio eletrônico, reduzindo o tempo pela metade em relação à média do mercado, utilizando as melhores práticas de desenvolvimento de “vitrines virtuais”, gerenciamento de dados e precisa documentação técnica. A implementação e a manutenção também se tornam mais simples, por meio de guias de “como fazer”.
 
 

1http://www1.cnnic.cn/AU/MediaC/rdxw/hotnews/201307/t20130722_40723.htm